Em ‘O despertar do universo consciente’, autor tece especulações sobre o ‘nosso projeto de civilização’.