Saída irônica à rejeição do Antropoceno poderia ser sua simples troca por algum neologismo similar ao que dá título a este texto.